Suécia – Contagem Regressiva Étnica

Saindo da rota da cerveja iremos conhecer o país que tem uma rainha brasileira( ou quase), a rainha da Suécia se chama Silvia e sua mãe é brasileira, interessante não? Mas, temos outras coisas legais sobre a Suécia na manga ainda: Se você acha que paga muito imposto, saiba que a Suécia é um dos países mais taxado no mundo, mais até que o Brasil; Aqui vai mais uma em relação ao imposto, as pessoas não reclamam e gostam de pagar pois ele é bem gasto, por exemplo, são pagos U$187 para os estudantes frequentarem as escolas; A língua oficial da Suécia é o suéco a partir de 2009, antes disso simplesmente não tinha; Um rei suéco virou pirata após perder a coroa.

Adoro países escandinavos, principalmente pelos vikings, e na Suécia é o que temos. Inicialmente foi habitada após o término do último período glacial e povoada por celtas posteriormente, desde foi reconhecida pelo poderio militar e pelo domínio marítimo, com seus territórios principais sendo na costa do Mar Báltico. Os vikings dominaram o mar entre os séculos VII e IX, entrando pelo mar Baltico, Mediterrâneo e Negro.

O começo do fim da era viking começa com a chegada do cristianismo, período de transição que durou desde o início do século XI até o século XII. Algum tempo após o cristianismo estar estabelecido iniciou o Reino de Kalmar, que reunia Noruega, Suécia e Dinamarca sob o comando da Rainha Margaret I. Atritos constantes e o reinado conturbado de Eric da Pomerania, contribuíram para a separação do reino, começando pela Suécia e seguida pela Noruega e Dinamarca, o rei fugiu e se juntou a um grupo de piratas e assim viveu.

No século XVI o Reino de Kalmar foi completamente desfeito o que iniciou uma rivalidade entre Suécia e Finlândia contra Noruega e Dinamarca. A aliança entre Suécia e Finlândia resultou em uma potência europeia, conquistou boa parte dos territórios costeiros, sua decadência veio no século XVIII, durante as Guerras Napoleônicas perdeu muitos territórios, o que fez a Suécia se juntar aos aliados contra Napoleão. No tratado de Viena os territórios da suecos ficaram com os territórios da Noruega, e em 1905 está união foi pacificamente desfeita.

O país que optou pela neutralidade nas duas Guerras Mundiais já foi no passado o grande poder militar europeu. Os suecos vieram ao Brasil principalmente buscando uma nova vida, vieram a Ijuí e se instalaram na lavoura, trouxeram boas tecnologias para a agricultura e auxiliaram no desenvolvimento da região, apesar de termos o centro cultural em Ijuí, as heranças diretas da cultura não são tantas, mas podemos deixar aqui a lembrança da história desta etnia.

REFERÊNCIAS:

https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/historia-biografia-eric-da-pomerania-rei-pirata.phtml

https://www.infoescola.com/europa/suecia/

https://pt.countryeconomy.com/paises/suecia

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS