Hungria – Contagem Regressiva Étnica

Saindo da região do Mar Negro e indo Rio Danúbio chegamos ao nosso destino, um país que se orgulha de ter um dos idiomas mais difíceis do mundo, Hungria. Vamos conhecer um pouco mais sobre este país, que já contribuiu conosco, mesmo antes e depois de ajudar na colonização, por exemplo: inventou a caneta, programação, bomba nuclear e o motor elétrico e sem esquecer algo menos inovador, mas que todos já tentaram resolver o cubo mágico; O país não tem saída pro mar mas é famoso por seus banhos… de rio e lagoa, sendo que existem mais de 1.000 lagoas no país; por consequência de muitas lagoas, o país tem muitos spas; E para quem é da vida noturna, os principais pubs do país são em ruínas, de castelos e outros lugares que foram centro de algum acontecimento; Aqui em Ijuí temos o hábito de atravessar a rua quase que de qualquer maneira, pois os carros param, somos educados, mas na Hungria os pedestres são multados; Última, os nomes dos húngaros têm de ser aprovados pelo governo, na verdade existe uma lista pré-aprovada e para um novo nome, deve ser preenchido um formulário, por isso os húngaros apresentam primeiro o sobrenome, assim é uma forma de se diferenciar.

Agora um pouco de história, seguindo basicamente o mesmo que os outros países, o território húngaro foi dominado pelo Império Romano, mas após a queda do império, o território húngaro foi por séculos apenas um caminho migratório até a chegada dos povos magiares no século IX. Foram 5 séculos de ondas migratórias. O objetivo dos magiares era se aproximar das Europa Católica, e assim ocorreu, nos anos 1.000 o rei Santo Estevão fundou o Reino da Hungria e recebeu uma coroa do papa da época. Nos primeiros anos de reinado enfrentou problemas internos com os opositores que ainda tinham crença nos deuses pagãos.

Os anos que se seguiram foram de crescimento do reino, conseguindo anexar partes do que hoje é a Croácia e Eslováquia e também recebeu colonos alemães. O crescimento do novo reino foi freado pela invasão dos mongóis em 1241 e 1242, que eliminou um terço da população húngara e devastou várias cidades. O rei como nova medida, ordenou a construção de castelos de fronteira, convidou colonos de outros países a morar no reino para reparar os danos causados à população. As medidas foram assertivas, pois houve novas invasões dos mongóis em 1285 que foram impedidas e também as invasões otomanas no século XIV que também foram impedidas.

Após o período de vitórias os húngaros conseguiram manter seus territórios, alguns reis que não souberam administrar o país sofreram derrotas e perdas de território, até a coroação de Matias Corvino, que era filho de um militar estrategista, Matias queria fazer frente ao poder militar dos otomanos, assim expandiu a Hungria e fez importantes reformas em seu reinado. Um bom período que durou apenas até sua morte e o rei seguinte, perdeu territórios, deixou o poder ir para as mãos da nobreza e deixou o reino cair no controle otomano.

Após alguns acordos firmados, o território húngaro restante caiu no controle do Reino da Áustria, comandado pela Casa dos Habsburgos. Assim iniciou uma série de conflitos entre otomanos e austríacos pelo controle do território. Aos poucos os austríacos foram controlando o território otomano até que em 1718 o controle era totalmente austríaco. Nos anos seguintes problemas internos ocorreram, apesar do controle da Áustria, o território húngaro permanecia como Reino da Hungria e reis ainda eram coroados. O que levou a um movimento que exigia direitos iguais para qualquer ramo do cristianismo. Este movimento foi esmagado pelos austríacos, o que forçou os governantes húngaros mais uma vez convidar imigrantes para colonizar as áreas devastadas com as guerras internas.

Mesmo com a derrota esmagadora do movimento que pedia reformas, os húngaros não pararam, e assim o parlamento foi acionado. Os pedidos vinham dos magiares, primeiros povos a habitar a Hungria e houve a recusa do imperador de aceitar os pedidos. Então novamente houve uma revolução húngara, onde os líderes conseguiram declara a independência húngara dentro do Império Austríaco, o imperador aceitou esta autonomia disfarçada de maneira pacífica, até que Fernando I, se tornou Rei da Áustria e rejeitou a autonomia húngara que levou os magiares húngaros a enfrentar o exército austríaco e todos os outros colonizadores do território. Os húngaros estavam vencendo a guerra até que os austríacos pediram apoio aos russos e os húngaros foram novamente esmagados no campo de batalha.

Começou um tempo de resistência passiva dentro do território húngaro, e com isso ocorreu um tempo de paz devido ao Império Austro-Húngaro que tornava Áustria e Hungria separados mas com política, economia e exército em comum. Está união tinha como foco a Primeira Guerra Mundial, em que o Império Austro-Húngaro saiu derrotado e fragilizado e assim após a guerra a Hungria se declarou República Democrática da Hungria e assim se tornou um país independente.

Aqui começa a imigração húngara no Brasil, os húngaros vieram inicialmente atraídos pelos incentivos do governo brasileiro para os colonizadores europeus incluía terras, animais e hospedagem. Os húngaros foram abafados no Brasil devido ao temor de manifestações durante a Segunda Guerra Mundial por recordações de se aliarem à Alemanha na primeira, o que tornou a cultura húngara mais escassa em nossa colonização.

Mas deixo aqui menções de ascendência húngara como os atores Dalton Vigh, Adriane Galisteu e Roberto Justus. Os húngaros influenciaram na agricultura do país no início da colonização, mas muito se perdeu com o passar do tempo e com a mistura da pluralidade étnica brasileira.

REFERÊNCIAS:

https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/hungria.htm#:~:text=A%20Hungria%20constituiu%2Dse%20com,que%20foi%20derrotada%20no%20conflito.
https://jornal.usp.br/cultura/editora-da-usp-publica-a-historia-completa-da-hungria/
https://jornal.usp.br/artigos/para-entender-a-historia-hungara/
http://www.guiageo-europa.com/hungria/historia.htm
https://miniweb.com.br/cidadania/personalidades/imigrantes5.html
https://www.academia.edu/34251227/A_Presen%C3%A7a_H%C3%BAngara_no_Brasil_Magyarok_Braz%C3%ADli%C3%A1ban

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS