Alemanha – Contagem Regressiva Étnica

Saindo do continente Africano retornamos para mais um tour pela Europa, desta vez indo para o país mais popular pelo consumo de cerveja, a Alemanha. Apesar de ter muitos descendentes em nossa cidade, vamos para algumas curiosidades: Berlim tem mais pontes que Veneza. A fanta é alemã, criada pela falta de um ingrediente da coca-cola na segunda guerra mundial. Gosta da Oktoberfest? Sabia que a primeira em 1810 era uma festa de casamento? E além disso tem a maior feira do livro do mundo. Se você planeja ser preso, a Alemanha é o país certo, a lei alemã reconhece que ser livre é um instinto do ser humano, por isso fugir não é crime. A Alemanha tem diversos nomes pelo mundo, todos derivados das formas como foram chamados ao longo do tempo, por exemplo em inglês Germany deriva de Germânia que era onde habitavam os povos germânicos.

Bom, vamos para a história, as primeiras tribos a habitarem o território alemão são datadas do século I a.C, mesmo que outros povos tenham passado por ali antes. Estas tribos se expandiram até fazer fronteira com celtas, iranianos, bálticos e eslavos. até este período não haviam grandes interações e confrontos de expansão até a chegada do Império Romano, o Imperador Augusto começou a invadir a Germânia, os alemães resistiram, quase todo o território alemão ficou fora do Império Romano, foram três legiões romanas derrotadas pelos germânicos. Durante o século III houve o surgimento de diversas tribos germânicas entre eles os francos. As tribos germânicas começaram sua expansão indo para o território Romano, os povos germânicos foram responsáveis pela queda do Império Romano.

Após a grande expansão dos povos germânicos, a quedo do império romano, nos anos 723 missionários ingleses entraram no território central da Germânia e começaram a evangelizar os povos, quando Carlos Magno, Rei dos Francos se converteu, estendeu a religião para todo seu reino tornando-se o Império Carolíngio no que se tornou a base para o Sacro-Império Romano. A partir de 1250 o império começou a enfrentar problemas com a Igreja de Roma, então criou-se o conselho dos sete príncipes-eleitores, que escolhiam o Imperador. Este foi um período conturbado que formou a Liga Hanseática, que eram as cidades mercantis em busca de proteger seus interesses. A partir deste momento os Habsburgos foram eleitos em quase todas as ocasiões.

Em 1517 Martinho Lutero publicou as 95 teses, começando a Reforma Protestante e estabelecendo uma nova religião em boa parte do território alemão o que ocasionou a guerra dos 30 anos. Apesar de haver o Tratado de Paz de Vestfália assinado em 1648 ao final da guerra, o estado estava visivelmente dividido, período que durou até 1739. Em 1740 entrou o dualismo alemão, onde a Monarquia dos Habsburgos e o Reino da Prússia se confrontavam pelo território, até que em 1866 a Prússia deixou a confederação e foi extinta devido à derrota das Guerras Napoleônicas.

Durante o dualismo alemão vieram os primeiros colonizadores para o Brasil, a cultura alemã foi uma das mais preservadas no processo de colonização, os alemães se instalaram principalmente no sul. Além de trabalharem como agricultores, os alemães incentivaram muito a industrialização, os alemães com conhecimentos em áreas como manufaturas eram muito valorizados, a Prússia chegou a proibir a emigração para o Brasil. Podemos perceber hoje nitidamente o quanto a cultura alemã permanece forte, sendo um dos idiomas ensinados em uma escola de nossa cidade, sendo umas das casas étnicas mais conhecida durante o período das apresentações e por tantas pessoas que foram alfabetizadas em alemão mesmo nascendo em Ijuí, é uma presença forte em nossa cidade que contribuiu muito para a colonização e para o que a cidade se tornou.

REFERÊNCIAS:

https://pt.countryeconomy.com/paises/alemanha
https://www.historiadomundo.com.br/germanica/civilizacao-germanica.htm
https://www.guiageo-europa.com/alemanha/historia.htm
https://www.deutschland.de/pt-br/deutsche-geschichte-bis-1945
https://www.infoescola.com/historia/imigracao-alema-no-brasil/
https://www.suapesquisa.com/historiadobrasil/imigracao_alema.htm
https://www.dw.com/pt-br/as-diferentes-fases-da-imigra%C3%A7%C3%A3o-alem%C3%A3-no-brasil/a-1195367

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS