Israel – Contagem Regressiva Étnica

Saindo do Japão e indo para o país do judaísmo, Israel. Jerusalém e Tel-Aviv ficam em Israel, mas são totalmente diferentes, sendo uma conservadora e outra totalmente liberal. Sabia que todos servem o exército após o colegial, quando digo todos, é todos mesmo, meninos e meninas. Em Israel se fala 3 línguas, hebraico, árabe e inglês, lugares como Tel-Aviv se utiliza mais inglês e hebraico, o árabe é presente em regiões onde habitam mais muçulmanos como Jerusalém.

O primeiro registro de Israel vem do templo funerário do Faraó Merneptah por volta de 1200 a.C. a frase “Israel está destruída e sua semente não” acredita-se que esses israelenses eram semitas e Israel era uma organização política e cultura e não um estado ou governo organizado. Este povo habitava em aldeias que tinham em média 400 habitantes, com sua economia baseada em agricultura e a escrita já era conhecida. A Bíblia Hebraica relata conflitos entre judeus e outras tribos, o território era dividido entre o Reino de Judá ao sul e o Reino de Israel ao norte. O rei de Israel e o rei da Síria fizeram uma aliança para proteção contra os assírios em 854 a.C., mas não impediu que fossem destruídos em 750 a.C. mas só em 586 a.C. o rei da Babilônia invadiu Israel e força os judeus ao seu primeiro exílio, os que ficaram do Reino de Judá e do Reino de Israel foram escravizados por 50 anos. Ao fim do período os israelitas voltaram e reconstruíram Israel e o Primeiro Templo, e assim surgiram os termos judeus e judaísmo baseado em Judá.

O território de Israel sofreu influência de diversas potências, começando com os Selêucidas onde houve uma revolta após o rei sacrificar um porco em um templo, o porco é considerado um animal impuro, o que causou uma revolta que garantiu a independência de Israel em 134 a.C, que durou pouco, até 63 a.C. quando foram conquistados por romanos dando origem ao cristianismo, houveram duas revoltas no período, a primeiro em 66 d.C. até 72 d.C. quando romanos invadiram e destruíram Jerusalém e o Segundo Templo.

Após rebeliões abafadas e a queda do Império Romano, Israel foi controlada por muçulmanos, no início os judeus eram considerados dhimmi, não muçulmanos protegidos, mas tinham de pagar altos impostos. Em 717 as coisas mudaram, as restrições contra não muçulmanos mudaram afetando o estilo de vida judeu, este período durou até o século XI com a chegada dos cruzados, os cruzados com o pretexto de recuperar a terra prometida dos infiéis massacraram, queimaram e escravizaram os judeus, forçando os sobreviventes a sair do país. Após esta conquista muitos europeus começaram a peregrinar para Jerusalém, mas derrotas dos cruzados diminuiu a influência no território e permitiu que os judeus retornassem e os cruzados foram completamente expulsos em 1291 pelos mamelucos. O domínio mameluco durou pouco, e não teve muitas influências, as cidades estavam devastadas em ruínas e na miséria, os judeus na tentativa de se reestruturar marcaram o domínio mameluco com revoltas.

A vinda dos judeus ao Brasil começa aqui, muitos judeus vieram com os portugueses, sendo responsáveis pela religiosidade e educação no início da colonização, e até hoje tem incríveis contribuições para nossa população, a cultura judaica é responsável por diversos avanços intelectuais em nosso país.

REFERÊNCIAS:

https://pt.countryeconomy.com/paises/israel
https://embassies.gov.il/sao-paulo/AboutIsrael/history/Pages/Historia-Destaques-historicos.aspx
https://www.nucleodoconhecimento.com.br/historia/historia-de-israel
https://embassies.gov.il/MFA/Portuguese/Pages/HISTORIA-Domincao-externa.aspx#:~:text=Dom%C3%ADnio%20%C3%A1rabe%20(636%20a%201099)&text=No%20in%C3%ADcio%2C%20a%20coloniza%C3%A7%C3%A3o%20judaica,taxas%20e%20impostos%20territoriais%20especiais.
https://embassies.gov.il/MFA/Portuguese/Pages/HISTORIA-Domincao-externa.aspx#:~:text=Dom%C3%ADnio%20%C3%A1rabe%20(636%20a%201099)&text=No%20in%C3%ADcio%2C%20a%20coloniza%C3%A7%C3%A3o%20judaica,taxas%20e%20impostos%20territoriais%20especiais.

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS