Uruguai – Contagem Regressiva Étnica

Saindo do Paraguai e continuando o tour na América do Sul, vamos para o Uruguai ou o nome oficial República Oriental do Uruguai, pois é a república que está a leste do rio. Sabia que o Uruguai tem um apelido? Carinhosamente seus habitantes chamam o país de paisito. O prato típico do Uruguai é um sanduíche, o chivito. O país tem uma das melhores vinícolas do mundo a Bodega Garzón, já foi eleita a melhor vinícola para se visitar no mundo, se você gosta de vinho como eu, é uma boa pedida. Seguindo em ritmo de copa, o Uruguai também tem paixão pelo futebol, o país foi sede de dois dos maiores acontecimentos da história da bola: a primeira partida internacional e a primeira copa.

As civilizações que habitaram o Uruguai foram índios, também existem poucos registros, pois não havia forma escrita, mas existem os cerritos de índios, acredita-se que estas construções eram utilizadas em ritos fúnebres, pois dentro dos cerritos foram encontrados corpos e outros objetos que deviam pertencer aos mortos. Os primeiros europeus a chegarem onde hoje fica a cidade de Punta del Este eram portugueses, descobrindo o Rio da Prata está descoberta só foi possível pois estavam em busca de um canal de água que ligasse o Oceano Atlântico com o Pacifico, chegando lá tiveram contato com os índios charrua, e receberam objetos de metais, que levaram de volta a Portugal provando que na região havia metais preciosos. Como a região ultrapassava o Tratado de Tordesilhas, a Espanha rapidamente mandou uma expedição para a região descoberta a fim de reivindicar as terras. Um dos descobridores do Paraguai participou destas expedições. Em 1527 foram estabelecidas as primeiras vilas no território Uruguaio. A colonização Uruguaia foi difícil, constantes conflitos obrigaram os europeus a abandonar as vilas, até que conseguiram fundar um forte e ter uma relação amistosa com os índios, relação esta que não durou. Os europeus só conseguiram se estabelecer em 1600 quando começaram a criação de gado às margens do Uruguai e o primeiro povoado permanente veio em 1624, e em 1680 os portugueses fundaram o Povoado de Sacramento, mas foram expulsos pelos  espanhóis, 1726 seria fundada Montevidéu, que seria um centro comercial capaz de competir com Buenos Aires, fundado por espanhóis.

O movimento nacionalista uruguaio surge por volta de 1800 e o militar José Gervasio Artigas, formou tropas e dominou Montevidéu até 1817 quando foi derrotado. Em 1821 começou a Província da Cisplatina, que anexou o Uruguai ao Brasil com a aliança entre Brasil e Portugal, a província durou pouco, apenas 4 anos, com a ajuda dos argentinos, os uruguaios expulsaram os brasileiros e declararam a independência. Até 1832 conflitos constantes entre europeus, índios e americanos fragilizou o país, que resultou na população charrua ser dizimada.

Não houve uma imigração, pois o trânsito de pessoas entre sempre existiu, e o Uruguai até fez parte do Brasil. Por estes motivos toda a América Latina tem semelhanças e participação na construção da cultura e identidade do Brasil. Os constantes conflitos fizeram com que o Uruguai se tornasse o único país da América Latina sem população indígena, o que é uma pena, mas, a preservação da cultura como um todo permanece.

REFERÊNCIAS:

https://pt.countryeconomy.com/paises/uruguai
https://www.infoescola.com/uruguai/historia-do-uruguai/
https://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america/historia-uruguai.htm#:~:text=O%20Uruguai%20tornou%2Dse%20independente,desaven%C3%A7a%20entre%20liberais%20e%20conservadores.

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS