Cuba – Contagem Regressiva Étnica

Saindo do Senegal, vamos à maior ilha do caribe, Cuba. Os charutos cubanos são famosos no mundo todo, o ex-presidente americano John Kennedy, fez a encomenda de 1.200 charutos antes do embargo. Não existe banco imobiliário em Cuba, Fidel mandou destruir todos por incentivar o capitalismo. Guantánamo é em Cuba, os EUA pagam aluguel. Os cubanos não podem sair nem entrar no país sem autorização. O país tem duas moedas: o peso cubano e o peso cubano convertível, que é usado por turistas. Você vive sem internet? Em Cuba apenas 5% da população tem acesso a ela. Ainda falando de curiosidades, Cuba faz parte do seleto grupo de países que não comercializam Coca-Cola, juntamente com a Coreia do Norte.

Entrando no aspecto histórico do país, estima-se que por volta de 8.000 a.C, o território cubano tenha sido habitado por indígenas. Porém, não existem muitos registros desse período devido a falta de uma forma escrita dos anos que antecederam a chegada dos europeus. Os registros começam com a navegação de Cristóvão Colombo que descobriu a ilha em 1492, a ilha foi declarada como território espanhol e colonizada. A população indígena aos poucos diminui, chegando quase a extinção, problema causado por muitos motivos, entre eles guerras, trabalho escravo e principalmente doenças que os índios não tinham imunidade. Cuba era um território precioso para os espanhóis, era a entrada para o Golfo do México. Apesar de não ter metais preciosos, Havana se tornou o porto principal de Cuba, por este motivo sofreu ataques constantes de piratas bancados por ingleses, franceses e holandeses. Para se proteger da expansão destes países, a Espanha começou a fomentar a colonização de outras partes do país com a plantação de cana e tabaco, que fortaleceu os cubanos com descendência espanhola.

Estes cubanos a medida que ganharam poder começaram a incentivar um sentimento nacionalista no país, que logo começou a diminuir a influência espanhola, dando início a movimentos para a abolição da escravidão e que logo começou o movimento cubana para a guerra de independência, a primeira revolução durou 10 anos com os rebeldes perdendo, mas o movimento ganhou força novamente em 1892, desta vez os rebeldes estavam quase ganhando a guerra quando um navio dos EUA que estava em Havana para garantir a seguranças dos Norte Americanos em Cuba explodiu e matou 250 marinheiros, então os EUA interferiram na guerra derrotando a Espanha e participando do acordo de paz e independência de Cuba. O Brasil sempre teve boa relação com os países da América, principalmente latina, então sempre houve fluxo de pessoas entre os países, mas na época de escravidão com o intuito de diminuir manifestações e dificultar a organização dos povos, os portugueses trouxeram muitos indígenas cubanos para cá e brasileiros para lá, assim sempre houve mistura entre as etnias, mesmo que de forma exploratória no começo e na forma de parceria atualmente, existe um fluxo muito grande entre estes países, desta forma hoje se forma a cultura brasileira, um mix de culturas.

REFERÊNCIAS:

https://umpouquinhodecadalugar.com/america/uma-breve-historia-de-cuba/
https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2014/12/A-historia-de-Cuba-em-15-momentos-4665871.html
https://mundoeducacao.uol.com.br/historia-america/revolucao-cubana.html
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/04/conheca-historia-de-cuba.html
https://diplomatique.org.br/historia-e-politica-interna/#:~:text=Cuba%20foi%20a%20%C3%BAltima%20col%C3%B4nia,independ%C3%AAncia%20frente%20%C3%A0%20coloniza%C3%A7%C3%A3o%20espanhola.

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

Siga o Instagram da EXPOFEST e fique por dentro dos BASTIDORES do maior evento multiétnico do país!

POSTS RELACIONADOS